quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Escola Helena Savi realiza 4° Pic Nic da Família




A Instituição de Educação Infantil Helena Savi realizou no dia 28 de agosto, o 4° Pic Nic da Família. Evento que integrou as crianças, pais, professores e familiares para um momento de confraternização. Durante o encontro, os pais e responsáveis colocaram em prática atividades lúdicas, como: brincadeiras, tarefa relâmpago e muita animação. Segundo a diretora Luciana Galli Ribeiro Simplício a escola acredita que a união e a participação da família junto a Instituição só vem para somar no aprendizado e  desenvolvimento das crianças. “Muito obrigada a todos os pais pela presença, a equipe de funcionários e Secretaria de Educação, Esporte e Cultura pelo apoio concedido para a realização deste evento”, ressaltou.

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

EXPERIÊNCIAS SENSORIAIS

DIFERENTES OBJETOS INSTIGAM OS SENTIDOS E LEVAM A TURMA A UMA EXPLORAÇÃO ATENTA

 




 Na sala de aula foi disponibilizada pelas professoras uma caixa que revela um mundo de materiais e cores de fácil acesso às crianças: tecidos, lãs, linhas, diferentes papéis, caixas, tampinhas, isopor, copos plásticos, tintas, massinhas, argila, plástico bolha,etc. Ao observá-los interagindo com os objetos contidos na caixa, fica clara a quantidade de coisas diferentes que faz: olha, toca e apanha o material, o coloca na boca, balança, bate com ele no chão, derruba, descarta o que não atrai, faz uma seleção e junta vários, por exemplo. 
Nesta fase, os pequenos se desenvolvem ao responder às informações recebidas por meio dos sentidos. Montar uma caixa na sala com a diversidade de texturas, cores, volumes e contrastes tem como objetivo incentivar  os pequenos  a explorar as sensações, sentimentos e pensamentos por meio de experimentações. Nas instituições, as crianças têm a liberdade de criar, brincar, pesquisar e descobrir sem se preocupar com a roupa ou em esparramar material no chão. O acesso a um universo rico em texturas, cores, volumes e contrastes indica às crianças a possibilidade de transformação, de reutilização e de construção de elementos e formas. O conhecimento, nessa fase, se dá basicamente por meio da ação, da interação com os colegas e os adultos, da brincadeira, da imaginação e do faz de conta. Não se trata, portanto, de escolarizar as crianças tão cedo, mas de apoiá-las em seu desenvolvimento.





CONTOS QUE ENCANTAM

Medo, susto e raiva: a professora viaja com a turma para o mundo da imaginação.

É fácil reconhecer os contos clássicos. Animais que falam, fadas madrinhas, reis e rainhas não podem faltar, assim como a introdução "era uma vez". As narrativas se passam em um lugar distante — "muito longe daqui" — e têm personagens com nomes comuns ou apelidos, como João e Maria, Chapeuzinho e etc. Nos contos clássicos, o leitor é transportado para um mundo onde tudo é possível: tapetes voam e galinhas põem ovos de ouro. Essa é a magia da fantasia. A importância apresentar os contos clássicos para as crianças é uma oportunidade de ajudar no seu processo de formação e sua personalidade. As crianças que são incentivadas desde pequenas tanto em casa quanto na escola desenvolvem o hábito e o prazer da leitura. O educador utilizando no seu planejamento atividades relacionadas aos contos clássicos, proporciona para as crianças a oportunidade para a formação da sua personalidade, deixando que as crianças por si só levante os pontos de vistas delas.


Conto Clássico João e Maria (Irmãos Grimm),  confecção da casa de doce da Bruxa

Atividade realizada com a  ajuda dos  Pais e/ Responsáveis 

Todos juntos para vencer a Dengue

Informar o que é e como se transmite à dengue é o primeiro passo. A Instituição de Educação Infantil Helena Savi desenvolveu ações ensinando à comunidade escolar que erradicar a doença é tarefa de todos.É preciso ainda que as crianças se preocupem com os ambientes que frequentam como: arques, clubes e praias. Devemos eliminar os potenciais criadouros para minimizar a proliferação do mosquito, dando destino adequado a garrafas plásticas, copos descartáveis, pneus abandonados e etc. 



Todos juntos para vencer a Dengue

Informar o que é e como se transmite à dengue é o primeiro passo. A Instituição de Educação Infantil Helena Savi desenvolveu ações ensinando à comunidade escolar que erradicar a doença é tarefa de todos.É preciso ainda que as crianças se preocupem com os ambientes que frequentam como: arques, clubes e praias. Devemos eliminar os potenciais criadouros para minimizar a proliferação do mosquito, dando destino adequado a garrafas plásticas, copos descartáveis, pneus abandonados e etc. 


sexta-feira, 23 de outubro de 2015

QUEM CONTA, RECONTA, FAZ DE CONTA

A Instituição de Educação Infantil Helena Savi  com as professoras  Iliete, Sabrina e Deliane proporcionaram para as crianças do maternal II momentos onde vivenciaram contos infantis.
Ressaltam  as professoras, a importância da literatura infantil no desenvolvimento da criança, pois através das histórias é possível despertar o interesse e a atenção dos pequenos, desenvolvendo neles a criatividade, a imaginação, a expressão de ideias e  o gosto pela leitura.

HISTÓRIA: A GALINHA RUIVA


A partir da história A Galinha Ruiva, as crianças tiveram a oportunidade de vivenciar várias experiências:


Plantaram o milho

Regaram, cuidaram e acompanharam o crescimento do milho.

Ajudaram a fazer a receita  do bolo de milho verde

Bolinhos de milho verde iguais aos da história da galinha ruiva

Degustação  do milho cozido
 Recontar a história
Recortes de revistas de alimentos feitos com milho

Visita do pintinho









FESTA JULINA NA INSTITUIÇÃO DE EDUCAÇÃO 
INFANTIL HELENA SAVI


O encerramento do semestre do ano  letivo de 2015 foi  proporcionada para as crianças, os professores e  funcionários  uma   Festa Julina.  Com as manifestações populares deste período, as comunidades escolares se mobilizaram, com  a culinária típica ,  promovendo eventos criativos, coloridos e de muita alegria.
Para que as realizações fossem possíveis, foram necessários união e empenho de todos .


 No salão central foi realizado as  apresentações culturais  pelas próprias crianças, em parceria com os professores.A cada apresentação as crianças  prestaram muita atenção  e participaram interagindo entre elas.